Guia do Mix de Estampas

provavelmente você já ouviu falar do mix de estampas, mas Apesar dessa ferramenta de styling ser linda, pouca gente arrisca na vida real. Vem comigo descobrir como criar combinações super legais sem receio de errar.

 

Nos encontros com as amigas a resposta que sempre ouço quando o papo “misturar estampas” vem à tona é unânime: #TodasAmam. Meu Pinterest, por exemplo, por muito tempo teve uma pasta exclusiva sobre o assunto. Mas, apesar de saber que a maioria das mulheres adora a ideia de arriscar a mistura de duas ou mais estampas, vejo pouca gente arriscando esse mix na vida real. Por que será?

Verdade seja dita: a combinação de estampas não é o truque de styling mais fácil. Quem ainda está começando a se arriscar com peças e combinações diferentes tende a ficar intimidada. Já quem se sente mais à vontade para inovar muitas vezes curte a idéia, mas ainda não topa ir tão além da zona de conforto. E, claro, tem quem não goste (o que eu acho que não é o seu caso, senão provavelmente você não estaria lendo esse post).

Pra começar, é legal lembrar que você não precisa ser estilista, personal stylist ou super antenada com moda para criar esse look "aparentemente" complicado.  

Para a composição ficar harmoniosa, entretanto, é interessante seguir alguns truques. Afinal, tudo o que a gente não quer é ficar com um look sobrecarregado e cheio de “informações”, que pareça tudo, menos elegante.

E já aviso: as primeiras tentativas poderão parecer um pouco arriscadas, mas com o tempo dá sim para se tornar quase uma expert no mix de estampas.

Mix de estampas: Maior número de possibilidades no seu guarda-roupa

A melhor parte é que fazendo diferentes combinações com peças estampadas, você vai perceber que seu guarda-roupa parece maior do que na verdade é. Isso porque as tradicionais combinações peça lisa + peça estampada somarão também ao combo peça estampada + peça estampada. Ou seja, o mix de estampas, além de ultra estiloso, vai expandir as possibilidades de uso das peças que você tem no armário.

Curtiu a ideia? Então bora lá. 

Pra resumir, a proposta desse post é:

  1. Apresentar cinco pontos fundamentais sobre o mix de estampas. 

  2. Compartilhar truques e ferramentas para você arriscar o mix - sem medo e de verdade.

  3. Propor combinações extras para quem já domina a arte mas acha que ainda pode mais.

  4. Oferecer um Guia de Mix de Estampas super prático (tipo aqueles pra imprimir o colar no armário). 

 

#1: Combine cores, não estampas

Regra básica: se as cores ficam bonitas juntas, há mais chances das estampas combinarem entre si. Se você tem dúvidas sobre quais tons ficam bons quando usados juntos, confira o círculo cromático abaixo:

Cores Analogas

 

Tal como eu falo nesse post sobre o Guia de Cores, as podem combinar entre si de quatro maneiras:

  • Combinação monocromática (ou vestindo cores de mesmo tom). Comparando as variações de tons de uma mesma coloração - por exemplo, roxo, lavanda, lilás, violeta - é possível criar combinações bonitas sem ficar demasiado “carregado”;

  • Cores complementares (cores opostas segundo o círculo cromático). As cores complementares como azul e laranja são ótimas para adicionar uma pitada de contraste e rendem looks de impacto.

  • Cores tríades (três cores espaçadas uniformemente no círculo cromático). Você também pode selecionar três cores que possuem a mesma "distância" uma da outra segundo o círculo. Tons de verde, laranja e roxo ficam ótimos juntos, por exemplo.

  • Cores análogas (três cores localizadas uma ao lado da outra no círculo cromático). É possível escolher uma cor principal e acentuá-la com duas cores adjacentes seguindo o círculo.

Importante dizer que o mix de estampas não necessariamente significa mix de cores. Como dizem, você nunca vai errar usando preto e branco - na dúvida, aposte neles.

#2: Quanto mais simples e gráfica for a estampa, mais fácil de combiná-las

É por isso que as listras ou poás ficam bem com a maioria das roupas. Elas possuem padronagem mais simples, e as considero praticamentes as estampas mais neutras que existem. As estampas simples e gráficas vão muito bem com outras mais complexas ou orgânicas, tal como o floral e animal print.

Pra quem quiser arriscar um pouco mais…

Se você já passou da fase dos padrões "neutros', vale tentar combinações mais elaboradas, então experimente jogar com diferentes texturas e formas. 

Listras e poás funcionam como estampa “neutra”. | Fonte: Pinterest 

Listras e poás funcionam como estampa “neutra”. | Fonte: Pinterest 

#3: Espalhe as estampas por todo o look

Isso não significa que a combinação top floral + blazer estampado não fica legal, por exemplo, por conta da estampa estar toda na parte superior do corpo. Essa composição, além de linda, é super atual.

Mas se você sentir que tem muita estampa concentrada em apenas uma região, mude o foco para outros locais. Ao invés de investir no mix na região superior, como no exemplo acima, que tal trocar o blazer por um sapato estampado?

Para iniciantes: mix de duas estampas | Fonte: Pinterest 

Para iniciantes: mix de duas estampas | Fonte: Pinterest 

#4: Quebre o estampado com uma peça lisa

Se estiver tudo muito estampado, não há problema nenhum em apostar em uma peça lisa para equilibrar o look. Pode ser um top, uma calça ou mesmo uma bolsa de cor neutra. Esse detalhe poderá fazer toda a diferença entre uma composição elegante ou super exagerada.

Pra quem quiser arriscar um pouco mais…

Se você já dominou a arte do mix, ao invés de apostar no neutro, seu próximo desafio é adicionar uma terceira estampa. Confie em mim, não é tão assustador quanto parece. Comece com itens pequenos, como com seus acessórios, bolsas e sapatos, sempre pensando nas combinações de cores e padrões.

Mix de três estampas. Arrisca? | Fonte: Pinterest  

Mix de três estampas. Arrisca? | Fonte: Pinterest  

#5: Brinque com tamanhos

Do mesmo modo que as cores são importantes, também é o tamanho da padronagem. Aliás, já parou pra pensar que as estampas também tem tamanho? E, quanto maior ela for, mais atenção a peça terá no look. Por isso é importante equilibrar esses elementos para evitar uma enxurrada de informação. O top tem listras largas? Que tal combiná-lo com uma estampas com padronagem pequena, como o liberty? E por aí vai.

Lembrando que o combo estampas pequenas + estampas pequenas é coringa pra quem tá começando!

Pra quem quiser arriscar um pouco mais…

Passou da fase de combinar tamanhos de estampas ou curte mesmo padronagens de maior impacto? Ótimo! Que tal arriscar um look só com estampas grandes? Uma dica é optar pelas estampas de duas cores em tamanhos grandes, tal como listras ou poás, ou utilizá-las em ambas as peças, porém com tamanhos diferentes.

considerações finais

Recheei esse post com fotos para inspirar vocês na criação de looks no dia a dia e também deixo aqui alguns truques pra facilitar a vida:

  • Trate estampas monocromáticas como cores sólidas (somente uma cor);

  • Quando combinar duas peças com estampas coloridas certifique-se de que há no mínimo uma cor em comum entre ambas as estampas;

  • O animal print pode ser considerado uma estampa neutra (assim como branco, navy, bege, cinza e preto);

  • Tente variar o tamanho e dimensão das estampas em um mesmo look.

 

E pra facilitar sua vida, criei esse Guia prático pra você consultar sempre que precisar:

Guia do Mix de Estampas

Pra inspirar

Selecionei algumas fotos para inspirá-las. Usem e abusem!

 

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest 

Fonte: Pinterest 

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Ainda tem dúvidas? Comenta nessa post ou no Instagram que a gente esclarece ela já!