Sandálias: como combiná-las com seu guarda-roupa

Lindas, leves e ideais para os dias quentes, as sandálias são indispensáveis no dia-a-dia de qualquer mulher estilosa. Aprenda a combiná-las com suas roupas sem erro e crie looks incríveis.

Paixão do grande público feminino, as sandálias nunca saem de moda. Bastante confortáveis, elas são ideais para os dias quentes, em que não queremos nada cobrindo muito nossos pés. E em um país de clima tropical como o nosso, elas muitas vezes nem sai da lista de sapatos que mais usamos: mesmo no inverno, naqueles dias menos frios, é possível fazer boas combinações. Ou seja, sandálias são um must-have.

Versáteis, esses delicados calçados também unem estilo e leveza a qualquer look. Hoje encontramos no mercado diversos tipos que contemplam todos os gostos, tais como rasteiras, salto (alto, plataforma, médio ou baixo), anabela, espadrilhas, tamancos, entre outros. Para toda ocasião há uma modelo certo para você.

Mas dentre tantas opções, como combiná-las com cada tipo de roupa sem errar? Se tratando de peças leves e, na maior parte das vezes, delicadas, é um pouco difícil fazer composições com sandálias que não fiquem boas. Porém, tenho algumas dicas que poderão facilitar sua vida no momento de escolher o look do dia de acordo com cada tipo de roupa. 

Vestidos

Sandálias e vestidos formam uma combinação certeira, já que ambos traduzem bem a ideia de frescor e leveza. No entanto, vale ficar atenta a alguns aspectos simples, como comprimento do vestido e tamanho do salto da sandália.

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Vestidos longos: os modelos longos podem ser usados com a maioria das sandálias, mas evite solados muito grosseiros ou plataformas. Vestidos longos e informais, usados no dia-a-dia, ganham harmonia com sandálias mais baixas, como rasteiras, ou altas do tipo anabela, espadrilhas e tamancos. Em ocasiões mais formais, invista em vestidos com tecidos finos e/ou trabalhados (com rendas, bordados) e dê preferência absoluta às sandálias delicadas de salto alto - ou médio, caso preferir. Os modelos com tiras são sempre atuais e difíceis de errar na produção.

Atenção: o comprimento do vestido é fundamental para evitar que a canela apareça ou que você corra o risco de tropeçar no excesso de tecido; o tamanho ideal cobre os pés deixando uma parte do salto aparecendo. Quando optar por usar com rasteiras, lembre-se que o vestido não deve arrastar no chão!

Vestidos curtos: modelos com até um palmo acima do joelho podem ser usados com qualquer sandália, seja ela rasteira ou com salto alto; tudo depende da ocasião. Para sair a noite, você também pode optar pelos modelos de sandálias abotinadas, que cobrem mais os pés e conferem um visual bastante sofisticado.

Shorts e bermudas

As bermudas e os shorts mais curtinhos saíram do status de roupa de verão para peça chique, dependendo do modelo e tecido.

O corte das bermudas, de maneira geral, é reto, o comprimento é próximo ao joelho e a maioria não fica muito justa nas pernas. Por isso, qualquer tipo de sandálias cai muito bem com essa peça.

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Calças

Sandália com calça é tudo de bom! Com itens básicos é possível fazer uma combinação casual que pode servir para diversos compromissos, desde o trabalho até o encontro com amigos no fim de semana. A atenção aqui fica por conta do tipo de calça, já que o volume e formato da barra são muito importantes no momento de ornar com o calçado. Olhe só:

Calças com barra larga: flare, pantalona e corte reto. Os modelos flare e pantalona, que conferem volume ao look, ficam melhores quando utilizados com sandálias altas estruturadas, assim como anabelas, espadrilhes e tamancos, pois em conjunto alongam a silhueta e equilibram as proporções do corpo. O corte reto, por sua vez, vai bem com tudo, desde que o fecho da sandália fique por dentro da calça.

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Calças com barra justa: skinny e legging. As modelagens mais justas são bastante fáceis de combinar com sandálias. O ponto máximo de atenção são o equilíbrio do corpo com o sapato: prefira modelos mais delicados que dão impressão de “continuidade” da perna, como sandálias e rasteiras com tiras. Modelos com volume no tornozelo, como gladiadoras ou tornozeleiras não são indicadas, já que a maioria não cabe por dentro da calça e acabem criando o efeito de “achatamento” nas pernas.

Já os shorts pedem um pouco mais de cuidado por serem mais curtinhos e despojados. Como deixam as pernas muito à mostra, prefira combiná-los com camisas e t-shirts com pouco ou nenhum decote e abuse dos acessórios. E por que não complementar o look com um belo salto? Para ocasiões informais e passeios invista em belas espadrilhas, anabelas e sandálias de salto grosso, além das sempre confortáveis rasteiras.

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Dica: bermudas ou shorts mais elegantes e trabalhadas ficam lindas com sandálias de salto delicadas e são ideias para eventos noturnos.

Saias

Assim como acontece com os vestidos, o combo “saia + sandália” é clássico e muito bonito. Por isso, é muito difícil errar no momento de criar uma composição. Vale aqui as mesmas dicas sugeridas para os vestidos quanto ao comprimento da peça, porém você deve considerar também mais um elemento que nesse caso compõe o look: o top. O que é importante, nesse caso, é equilibrar o estilo, cor e volume de toda a composição.

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Mini-saias: as mini-saias ficam lindas com qualquer tipo de sandálias. Como deixam a maior parte da perna à mostra, é possível investir em modelos baixos ou altos com garantia de sucesso. Vale lembrar que a combinação mini-saia e salto alto é bastante sensual e preferível para ocasiões especiais!

Saias longas: ficam bem com a maioria dos tipos de sandálias, mas evite rasteiras se você for baixa, pois o efeito “achatado” pode ser arrasador.

Saias volumosas: para equilibrar o look com saias volumosas, prefira modelos mais delicados, com tiras, e dê preferências aos saltos - de qualquer tamanho!

 

Esse post, também de minha autoria, foi originalmente escrito para o blog Maurikatu.

Nathalie Bonome